fbpx
Estávamos tão nervosos, tão ansiosos e alegres esperando por esse dia. Não, minto. Nervosa era só eu, pro Djoni tava tudo no esquema, mas pra mim foi diferente porque foi o primeiro casamento que fotografei junto com ele, depois de quase um ano! Eu estava um turbilhão, parecia que eu é quem seria a noiva! hehe
O making of começaria em torno do meio dia. Acordamos cedinho. Nos “emperiquitamos”, arrumamos o equipamento, o café da manhã e pegamos o ônibus. Primeira parada, aula de inglês. Sim! Dá pra acreditar? Tínhamos aula de inglês antes do casamento!
Durante a aula prestava atenção em tudo, tudo que não podia esquecer: detalhes do bouquet, sapato e vestido! Me desculpem, mas naquela hora dane-se o inglês, eu precisava me preparar para o grande dia que logo mais aconteceria.
Era um dia bem comum de Dublin, cinza, friozinho e com chuva e bem incomum pra nós. Nosso primeiro casal de noivos! Nós já havíamos conhecido a Samara e o Rômulo melhor no dia do ensaio, lembram daquele casal lindo que fotografamos no Jardim Botânico?
Eles estão grávidos nas fotos do dia do Pré Casamento, fato que me fez chamar o ensaio de maternidade porque a sorte deles é tão grande que é tudo de mais lindo da vida acontecendo lado a lado, o Casamento e a Maternidade. Acho que por isso esse casamento teve um clima todo especial, a Louise estava ali, dentro da barriga da Samara só curtindo tudo de camarote. Camarote mesmo! Porque se teve alguém que não sentiu o frio daquele dia, foi ela 🙂
Tudo aconteceu com naturalidade e o dia passou deliciosamente rápido! Foi um dia e tanto para celebrar o amor junto de muitos amigos, amigos que se tornam família, quando tão longe de casa!
No fim das contas, chegando lá, meu coração foi se acalmando e eu fui percebendo que fotografar é como andar de bicicleta. Mesmo com esse tempo de intervalo sem fotografar um casamento, tudo que eu precisava estava ali, no mesmo lugar em mim. Inclusive o primeiro fotógrafo, que quando do meu lado, me faz sentir tanta segurança 

Deixe uma resposta

Fechar Menu