Já fazem alguns dias que fizemos o ensaio da Laura e do Márcio e esse dia está guardado dentro da gente de uma forma tão especial que afirmo com certeza, de todas as aventuras que Dublin têm nos proporcionado, essa foi uma das mais doces… Só fica atrás da torta de mousse de maracujá que descobrimos por um acaso na “Foam Cafe”, hahaha, claro!
 
Não tivemos nenhum contato pessoalmente antes das fotos com eles, só por mensagens para combinar tudo, então no dia do ensaio o caminho até Wicklow foi curto pra botar o papo em dia e a luz do sol também… Mais rápido do que a luz que foi sumindo foi o frio que tomou conta da trilha!
O Lorenzo tadinho, nem tinha nascido e já passou o maior frio da vida dele! 
Foi tudo acontecendo tão naturalmente quanto a beleza que esse “cantinho” da Irlanda nos proporcionava. E quando eu falo tudo, falo sobre os laços atados tão lindamente da Laura e do Márcio, falo sobre a felicidade em juntos aumentarem a família, falo sobre a alegria misturada a ansiedade cada vez em que tocávamos no nome do Lorenzo e também falo sobre uma amizade linda que nasceu naquele dia, dias antes do pequeno nascer. Depois que tivemos a certeza de que tudo aquilo que estávamos vendo e sentindo estava devidamente registrado em fotografias, nós 5 fizemos uma parada especial para poder encher a pança, nos aquecer e continuar então um bom papo, preocupados apenas com o horário do ônibus que levaria eu e o Djoni pra casa. Foram 3 ônibus que perdemos só naquela noite… Mais tarde, ao nos encontrarmos mais vezes com esse casal de amigos tão queridos, descobrimos que normal mesmo não é perdermos a hora para chegar, mas sim, para querer ir embora. Vocês já podem imaginar que ficou ainda mais difícil querer ir embora depois que o Lorenzo nasceu, né? E nós ainda estamos pra descobrir algo melhor do que amigos que nos fazem esquecer da hora, só para estar alí e conversar mais um pouquinho, só por mais cinco minutinhos!
<

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu